Contrabaixo

Docente

João André Maurício Mendes

João André Maurício Mendes nasceu em Coimbra em 1990. Inicia o estudo de contrabaixo aos dezoito anos no Conservatório de Música de Coimbra. Em 2013 conclui o ensino secundário na Escola Profissional de Música de Espinho. No mesmo ano ingressa no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, na classe do Professor Tiago Pinto-Ribeiro, tendo concluido a Licenciatura em Julho de 2017.

Frequentou várias Masterclasses com Mathew McDonald, Janne Saksala, Janusz Widzyk, Gunars Upatnieks, Michael Wolff, Simo Väisänen, Wolfgang Güttler, Isabel Charisius, Olivier Patey, Gérard Caussé, Pascal Moragues, Benjamin Schmid, entre outros.

Como prémios internacionais ganhou uma Menção Honrosa, em 2015, no Verão Clássico do Centro Cultural de Belém e, em 2016, o 3º prémio no mesmo concurso, em Lisboa. Durante o seu percurso académico, João Mendes trabalhou em algumas orquestras em Portugal. Foi admitido como reforço na Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música onde tem vindo a colaborar desde 2016. Entretanto também é reforço na Orquestra do Sul, Orquestra do Norte, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra Clássica do Centro, entre outras, onde foi dirigido por maestros  como, Michael Sanderling, Baldur Brönnimann, Christoph König, Martyn Brabbins, Olari Elts, Antoni Wit, Sarah Hicks, Matthias Manasi, Ernst Schelle, Timothy Henty, Jean Marc Burfin, entre outros.

Como docente de contrabaixo lecionou em 2018 no Conservatório de Música de Coimbra e em 2019 na Escola de Artes da Jobra.

Atualmente encontra-se no último ano de Mestrado em Ensino da Música da Universidade de Aveiro; é docente no Orfeão de Leiria e na Academia de Música de Cantanhede e é coordenador do Curso Profissional de Música do Colégio São Teotónio em Coimbra. Em simultâneo também é contrabaixista da Orquestra Jazz do Centro e faz parte da organização de vários festivais tais como “Verão Clássico”, “Bragança Classic-Fest”, “Festival dos Capuchos”, entre outros.